Coro Cidade de Ponta Grossa abre temporada emocionando a plateia

Primeiro concerto da temporada 2017 tratou do perdão e da saudade

A plateia aplaude em pé e ainda pede um 'bis'. Com o tema da saudade e a história de um rapaz perdoado pela família, o primeiro concerto do Coro Cidade de Ponta Grossa emocionou o público que esteve presente no Cine-Teatro Ópera no último fim de semana. Intitulado 'No Rancho Fundo', o espetáculo cênico-musical teve regência da maestrina Carla Roggenkamp e marcou mais uma parceria com o Studio de Dança Fabíola Capri.

O professor Miguel Arcanjo de Freitas estava entre o público e contou que o concerto proporcionou uma viagem no tempo, misturando uma série de sentimentos que vão desde a infância à fase adulta. “O concerto acaba emocionando. É algo que Ponta Grossa merece e é muito benéfico vermos instituições públicas levando a arte e a cultura para a população”, completou. Julia Prado também esteve presente e afirmou que "a referência ao sertão trouxe um sentimento de nostalgia". A estudante universitária disse que acompanha os trabalhos do Coro desde o ano passado e sempre se surpreende.

O cantor Ricardo Janeczko Junior interpretou o rapaz que espera o perdão da família pelos erros cometidos no passado e relata que o espetáculo começa nas coxias quando, atrás do palco, os músicos se abraçam e se acalmam, desejando uma boa apresentação. “Estas programações nos unem cada vez mais. As duas noites foram cheias de um público participativo, o que também nos surpreendeu”, completa.

No palco, as 25 vozes do coro e uma árvore cheia de retalhos brancos deram vida a histórias de amor, saudades e perdão. “A árvore que estava em nosso cenário, mostrou também o trabalho e dedicação dos nossos cantores, que a trouxeram e enfeitaram, deixando o clima do Cine-Teatro Ópera simples e agradável, combinando totalmente com o objetivo da noite”, reforça o cantor.

Para Junior foi um início de temporada marcante. “A escolha do repertório feita pela nossa maestrina também estava impecável, músicas repletas de significados e emoções que, com certeza, foram transmitidas à plateia”, afirma.

O CCPG é mantido pela Prefeitura de Ponta Grossa desde 2008 e administrado pela Fundação Municipal de Cultura. A vice-prefeita e presidente da Fundação Municipal de Turismo, Elizabeth Schmidt também estava. "A escolha do repertório e do jogo cênico emocionaram a todos", reforça. Já o presidente da Fundação Municipal de Cultura, Fernando Durante, ressalta que "foi uma grande noite de estreia, com uma performance incrível".

  • Facebook ícone social
  • Instagram

© 2021 por Ponta Grossa Campos Gerais Convention & Visitors Bureau

Rua Comendador Miró, 860, Ponta Grossa PR | info@pontagrossacvb.com.br | (42) 3220-7250

Desenvolvimento do site: Equipe PGCG CVB

Conteúdo: Yukê Comunicação