Começa obra de reforma no Museu de Palmeira

06/07/2017

 

Começou no sábado (1º) a obra de reforma do Museu de Palmeira, localizado no Solar Conselheiro Jesuíno Marcondes de Oliveira e Sá na Praça Raul Braz de Oliveira. A empresa vencedora da licitação, DP Moreira Construtora de Obras  se compromete em realizar a reforma com R$ 251.424,04. O preço máximo de contrato era de R$ 323.167,15 conforme verba vinda do Governo Federal através do deputado Aliel Machado e contrapartida do município.

 

A obra é vista como uma grande conquista pela Secretaria de Cultura, Patrimônio Histórico, Turismo e Relações Públicas, uma vez que a construção é histórica com cerca de 167 anos e representa importantes momentos do passado da cidade. O objetivo da secretaria é reformar sem deixar de conservar o estado do imóvel, que já é tombado como Patrimônio Histórico do Estadual.

 

As obras se aplicam à estrutura da cobertura do imóvel que deverá ser revisada e analisada para possível substituição de peças degradadas. As telhas também passarão por revisão e serão substituídas se necessário, mantendo as características originais. O beiral e forro são pontos importantes da reforma, grande parte das peças está inutilizável e deve ser trocada, também mantendo as características anteriores.

 

O piso em todos os cômodos do imóvel será lixado e recuperado. Nos níveis mais baixos onde o assoalho apresenta mais degradação a madeira e rodapés deverão ser substituídos. As janelas do imóvel também serão trabalhadas, com reparos de acordo com a necessidade de cada unidade, mantendo o bom funcionamento com troca de peças se necessário. Outros pontos previstos na reforma são a revisão e manutenção das redes elétricas e hidráulicas do imóvel e implantação de rampas de acesso respeitando a arquitetura do imóvel.

 

De acordo com o secretário da pasta, Waldir Joanassi Filho, a reforma vai possibilitar uma visitação completa para a população. "As partes que ficaram fechadas por décadas por falta de condições, incluindo o primeiro piso e a parte do imóvel onde no passado deu espaço para uma senzala poderão ser acessadas pelo público visitante. Temos um planejamento bem definido para o museu, nossa intenção é fortalecê-lo ainda mais como um dos destaques turísticos da cidade com mais estrutura e mais conteúdo para os visitantes", explica.

 

A empresa contratada tem o prazo de quatro meses para entregar a obra concluída, este prazo pode ser estendido por igual período até o limite de 60 meses seguindo critérios previstos em contrato.

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

Destaques

Congresso Paranaense de Assistentes Sociais recebe cerca de 600 participantes

7/10/2019

1/10
Please reload

Arquivo
Please reload

Assine nossa newsletter
  • Black Facebook Icon
  • Instagram Social Icon

© 2018 por Ponta Grossa Campos Gerais Convention & Visitors Bureau

Rua Comendador Miró, 860, Ponta Grossa PR | info@pontagrossacvb.com.br | (42) 3220-7250

Conteúdo: Yukê Comunicação