Mais de 70 startups receberam auxílio do Sebrae/PR, em 2016, na região dos Campos Gerais

07/02/2017

Programas de pré-aceleração e de sensibilização ajudaram na criação de novas startups na região dos Campos Gerais; projetos terão sequência em 2017

 

 O Sebrae/PR tem investido cada vez mais na realização de eventos de sensibilização para que empreendedores sejam incentivados a criar negócios inovadores e, desta forma, agregar valor aos municípios. Em 2016, com o auxílio do Sebrae/PR, foram criadas 76 startups nos Campos Gerais, o que representa um incremento de 600% em relação a 2015, ocasião em que cinco startups receberam suporte da entidade. Do total de startups criadas no ano passado, sete formalizaram e estão atuando com seus produtos e serviços na região.

 

A consultora do Sebrae/PR, Thaise Amaral Orita, explica que os projetos que visaram o desenvolvimento de ideias inovadoras incluíram eventos de sensibilização, como o Hackathon Tech Shop, o Hackathon Mob e o Hackathon de Acessibilidade, viabilizados graças às parcerias com entidades públicas e privadas. Neles, foram criadas 33 novas startups, sendo que os empreendedores puderam participar, posteriormente, do programa de pré-aceleração “StartSe”, que atraiu também pessoas que já tinham uma ideia de negócio formada ou não.

 

No “StartSe” três fases foram abordadas, como a Ideação, que é a fase inicial de uma startup, no qual os empresários definem o mercado que irão abordar, quem será o time que trabalhará no projeto, entre outros tópicos. Na fase da Operação os participantes realizam o trabalho de validação do produto/serviço junto ao mercado e potenciais clientes e, na Tração, a startup é formalizada e o produto/serviço é vendido para clientes reais.

 

“O StartSe foi ofertado de forma gratuita aos empreendedores. Além das fases de Ideação, Operação e Tração, eles puderam participar também de Clínicas Tecnológicas, com empreendedores de diferentes regiões do País”, completa a consultora do Sebrae/PR. Segundo ela, o programa será reformulado em 2017 e 30 vagas serão abertas.

 

“Superamos em 2016 todos os resultados que foram estipulados na região com relação a startups. Ponta Grossa está se destacando devido aos projetos que têm sido criados aqui. O nosso ecossistema de inovação está cada vez mais integrado graças aos projetos inovadores e às ações que estão sendo realizadas no decorrer de dois anos de trabalho. Quando um ecossistema de inovação começa a dar frutos, todos os envolvidos ganham, principalmente o Município, que consegue atrair investimentos e gerar empregos através de novas startups criadas”, ressalta.

 

O número de novas startups também causou surpresa para o gerente regional do Sebrae/PR, Joel Franzim Junior. “Estamos surpresos com a quantidade de bons projetos desenvolvidos em nossa região. Isso comprova que devemos continuar investindo no setor e fortalecer ainda mais as parcerias com as entidades de apoio e as instituições de ensino”, diz. Para ele, os resultados colocam Ponta Grossa e região no mapa da inovação, fazendo com que os olhos do Paraná e do Brasil se voltem para os produtos e serviços criados regionalmente.

 

Definição

As startups podem ser definidas como empresas inovadoras em qualquer área ou ramo de atividade, que procuram desenvolver um modelo de negócio escalável e repetível. Na prática, diferentemente de uma padaria, que vai demandar novos investimentos para atender novos consumidores, uma startup pode, de uma forma bem simples, ampliar a carteira de clientes mantendo quase o mesmo custo.

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

Destaques

Convention Bureau apoia a campanha “Apoie o Empreendedor de Turismo”

3/4/2020

1/10
Please reload

Arquivo
Please reload

Assine nossa newsletter
  • Black Facebook Icon
  • Instagram Social Icon

© 2020 por Ponta Grossa Campos Gerais Convention & Visitors Bureau

Rua Comendador Miró, 860, Ponta Grossa PR | info@pontagrossacvb.com.br | (42) 3220-7250

Conteúdo: Yukê Comunicação