• Yukê Comunicação

Obras da CCR RodoNorte serão fundamentais na retomada do turismo nos Campos Gerais pós-pandemia

Reprodução Portal DPonta Web News


A região dos Campos Gerais será contemplada com 16 frentes de obras rodoviárias que trarão modernidade e segurança nas estradas que dão acesso aos municípios. Estes investimentos trarão benefícios às cidades e também ao turismo, valorizando o acesso de visitantes às belezas turísticas regionais. O portal D’Ponta News reuniu opiniões de representantes do turismo sobre a importância destes investimentos.



De acordo com o secretário de Desenvolvimento Sustentável e Turismo do Paraná, Marcio Nunes, as obras rodoviárias que serão realizadas na região dos Campos Gerais beneficiarão de forma expressiva o desenvolvimento do setor do turismo de toda a região. “Para o desenvolvimento do setor é de suma importância que exista ligações rodoviárias de qualidade e com segurança, principalmente no atual cenário, onde há o conhecimento de que o retorno imediato do turismo pós pandemia da Covid-19 será primeiramente no âmbito regional, ou seja, viagens a curta distância e em percursos rodoviários.

Isso propicia ao turista maior interesse em pegar a estrada e conhecer os atrativos e produtos turísticos da região, gerando fluxo e estimulando o desenvolvimento econômico do setor do turismo nos municípios de toda região”, ressalta o secretário.

Já o secretário de Turismo de Ponta Grossa, Edgar Hampf, afirma que todo incremento no acesso viário incentiva o crescimento do turismo. “Nossa região conta com uma grande variedade de acessos e isso favorece de maneira muito positiva a atração de turistas e viajantes de diversas partes do Brasil e do mundo. Nesse sentido, toda ação que contribui para a modernização e ampliação da malha viária acaba gerando um incremento no fluxo relacionado às atividades do setor turístico, que deve ter uma retomada muito forte no pós-pandemia”, declara Hampf.


Taís Pius (foto) é presidente do Ponta Grossa Campos Gerais Convention & Visitors Bureau. Para ela, essas obras serão essenciais para a retomada do turismo. “Ponta Grossa é conhecida como o maior entroncamento rodoferroviário do sul do Brasil e obras que melhorem a nossa estrutura logística são extremamente importantes, pois possibilitam a melhor maneira do visitante, seja de negócios ou lazer, chegar aqui e, com o planejamento da Paraná Turismo em fomentar o turismo regional, essas obras serão fundamentais para a retomada do turismo”, ressalta.

Ao todo, serão 16 obras que devem valorizar os municípios dos Campos Gerais e incentivar ainda mais a escolha de turistas em visitar a região. Algumas já começaram em abril e outras terão início em julho.

Segundo Thais Labre, diretora-presidente da CCR RodoNorte, as obras terão impactos positivos na região e trarão mais segurança e modernidade para os municípios. “Deste total de 16 frentes de obras, quatro delas são em Ponta Grossa e representam um salto significativo na infraestrutura das rodovias que cortam a nossa cidade: são duas interseções na Avenida Souza Naves, que vão separar o tráfego urbano e rodoviário em segmentos importantes deste trecho da BR 373, além de interseções no acesso ao Contorno Leste, na BR 376, e no Acesso Secundário ao município, na PR 151”, explica.

Além de todos os outros benefícios que obras de modernização trazem para uma região, especialmente para os Campos Gerais, estes investimentos terão impacto direto na retomada do turismo no período pós-pandemia. “A região dos Campos Gerais possui um grande potencial turístico em diversos segmentos, que variam de cidade para cidade. Com as obras que a CCR RodoNorte inicia neste momento, acredito que o salto na infraestrutura regional vai permitir que os entes públicos e privados contem com rodovias ainda mais preparadas para o futuro e para o deslocamento dos turistas das mais variadas regiões”, analisa a diretora-presidente da concessionária.

“É importante dizer que as demais obras também trarão um impacto positivo para a região como um todo, visto que 14 das 16 novas frentes estão em cidades da nossa região, e as duas restantes são na BR 277 em Campo Largo, principal ligação do Interior com Curitiba e o Porto de Paranaguá. Ainda sob a ótica do desenvolvimento, serão mais de dois mil empregos gerados, quase metade aqui em Ponta Grossa, o que com certeza será um importante apoio para este momento de retomada econômica do Paraná e do Brasil”, finaliza Thais.

As 16 frentes de obras juntas terão um investimento de R$ 480 milhões.

Como estão as obras:

  • Interseção BR 277 (Campo Largo) – km 104 – INICADA EM JUNHO

  • Interseção BR 277 (Campo Largo) – km 109 – INICIADA EM JUNHO

  • Interseção PR 151 com PR 340 (Castro) – km 289 – INICIA EM JULHO

  • Interseção PR 151 (Piraí do Sul) – km 256 – INICIADA EM ABRIL

  • Viaduto BR 373 (Av. Souza Naves / Ponta Grossa) – km 173 – INICIA EM JULHO

  • Viaduto BR 373 (Av. Souza Naves / Ponta Grossa) – km 180 – INICIA EM JULHO

  • Acesso Secundário PR 151 (Ponta Grossa) – km 318 – INICIA EM JULHO

  • Acesso ao Contorno Leste de Ponta Grossa BR 376 – km 499 – INICIA EM JULHO

  • Duplicação BR 376 (Imbaú) – kms 403 ao 394 – INICIA EM JULHO

  • Duplicação BR 376 (Tibagi)  – kms 431 ao 411 – INICIA EM JULHO

  • Duplicação BR 376 (Ortigueira) – kms 308 ao 316/kms 328 a 333 – INICIADA EM JUNHO

  • Facebook ícone social
  • Instagram

© 2020 por Ponta Grossa Campos Gerais Convention & Visitors Bureau

Rua Comendador Miró, 860, Ponta Grossa PR | info@pontagrossacvb.com.br | (42) 3220-7250

Desenvolvimento do site: Equipe PGCG CVB

Conteúdo: Yukê Comunicação