Fim de ano fomenta turismo em Ponta Grossa

Texto: DC Mais


Permanência de hóspedes cresceu, aeroporto ocupou quase 100% dos assentos, visitas no Parque Vila Velha aumentaram e Buraco do Padre bateu capacidade máxima em três dias


Com o medo de viagens longas provocado pela pandemia e a consequente queda de viagens a centros badalados, além do aumento da estruturação própria da oferta turística, Ponta Grossa teve neste fim de ano um aumento de turistas na cidade. Entre o Natal e o Réveillon, o aeroporto operou com quase 100% dos assentos preenchidos, as visitas ao Parque Vila Velha aumentaram 19% no comparativo ao ano passado, o Buraco do Padre chegou à sua capacidade máxima em três dias e os hotéis, apesar de registrarem uma ocupação menor do que no mesmo período de 2019, registraram estadias mais longas, mostrando que a cidade serviu como destino e não apenas como passagem.

O Parque Estadual Vila Velha, que neste ano foi concedido à iniciativa privada e recebeu uma série de atrações novas, como tirolesa, balonismo e arvorismo, teve 19% visitantes a mais entre os dias 22 de dezembro de 2020 e 3 de janeiro de 2021 do que no mesmo período do ano passado. Agora, foram mais de 5,1 mil visitantes, contra menos de 4,3 mil anteriormente. Segundo a assessoria de imprensa, apenas de 1 a 3 de janeiro mais de 1,9 mil pessoas foram ao parque.


“Tivemos um fim de ano com ótima movimentação e respeitando todas as medidas protetivas aqui no Parque Vila Velha. Os números registrados nas duas últimas semanas de 2020 foram maiores que o registrado no mesmo período do ano passado (2019-2020), e acima das expectativas. As novas atrações implementadas, natureza e rígidos cuidados com a saúde dos visitantes deram a confiança necessária que eles pudessem nos visitar com diversão e ar fresco”, afirma Leandro Ribas, gestor da Soul Vila Velha, concessionária do Parque.


Já o Buraco do Padre atingiu a sua capacidade máxima, de 600 visitantes/dia, em pelo menos 3 dias – justamente na última sexta (1), sábado (2) e domingo (3). “Em relação ao ano passado foi igual, mas lotou porque essa limitação veio junto com a pandemia. Já chegamos a receber 1.300 pessoas em um ano novo, 2 mil em um Carnaval, mas o parque era bem diferente”, explica Alvaro Dias Filho, sócio-proprietário do local.


“Historicamente 30% dos visitantes são de Ponta Grossa, 30% de Curitiba e os 40% bem variados. Apesar de ser principalmente do Paraná e Santa Catarina temos recebido muita gente de fora; neste fim de semana recebemos escaladores dos Estados Unidos, por exemplo”, destaca ele.


Voos lotados

O aeroporto Sant’Ana, que está operando voos comerciais entre Ponta Grossa, Foz do Iguaçu e São Paulo, se aproximou de 100% de ocupação nos assentos neste fim de ano. “A movimentação foi maior nesses últimos dias, comparada ao restante do ano e ao ano passado. Sempre tivemos o perfil de viagens para negócios, mas vimos que para lazer cresceu bastante, chegando à metade”, aponta o superintendente do aeroporto, Victo Hugo Oliveira.

A rota que os aviões fazem parte de São Paulo com destino a Ponta Grossa, saem de PG com destino a Foz e fazem o caminho inverso na sequência. Segundo o superintendente, pelo menos metade dos viajantes desembarcaram na cidade nas últimas semanas.


Turistas aumentam tempo de estadias

Em geral, os hotéis registraram uma ocupação inferior a 2019 nos feriados de Natal e Ano Novo, o que já era esperado por conta da pandemia. Porém, um fato positivo que chama a atenção foi que o tempo de estadia dos hóspedes aumentou, apontando que de cidade muitas vezes apenas de passagem, Ponta Grossa se tornou um atrativo turístico para diversas famílias.


“Diferente dos outros anos, o visitante na última semana de 2020 estava em uma estadia mais longa, o que mostra que as pessoas, em sua grande maioria, estavam em Ponta Grossa para conhecer atrativos turísticos, além de visitar parentes e que as restrições as viagens ao exterior ajudaram a fomentar isso”, aponta o Ponta Grossa Campos Gerais Convention & Visitors Bureau.

“Outro ponto significativo apontado pelos gestores é que a viagem ao interior foi atrativa por fomentar a fuga das praias lotadas, proporcionando atividades ao ar livre em atrativos e empresas, como os próprios hotéis, bares e restaurantes, com certificação de turismo seguro. E tudo, em grande maioria, através de carro por famílias que faziam passeios à noite e no dia seguinte faziam atividades locais, como visita aos atrativos turísticos”, justifica a entidade que representa o setor.

Hotéis

A reportagem do Diário dos Campos e portal dcmais entrou em contato com três hotéis, que relataram o mesmo cenário. “A taxa de ocupação de dezembro deste ano foi de 29%, contra 52% no ano passado. Porém notamos a diferença de perfil do turista, que agora é de passeio. São muitas famílias vindo de casso passear, com medo de viajar de ônibus ou avião, e acabam ficando em hotéis. Temos ainda aqueles que ficam só de passagem, mas os que antes vinham só pra pernoitar agora chegam antes para aproveitar o dia em Ponta Grossa”, conta a gerente do Premium Vila Velha Hotel, Alecsandra Hypolito.


No caso do Planalto Select Hotel Ponta Grossa, além destes que aproveitaram a passagem na cidade para conhecer seus atrativos, também foram destaque os viajantes que fugiram das tradicionais aglomerações do litoral. “Claro que teve muitas pessoas de passagem indo pro litoral, mas diferente do ano passado vimos pessoas vindo passear aqui, pessoas que evitaram ir pra praia porque é mais seguro vir pra cá do que ir pra lá em meio à pandemia. Esse movimento não existia antes da estruturação do Vila Velha e do Buraco do Padre e é positivo porque aumenta o consumo na cidade, em restaurantes…”, avalia Daniel Wagner, gerente do hotel.


Já o ibis Ponta Grossa, que inaugurou unidade na cidade em novembro, conta que teve demanda maior nos finais de semana (26 e 27 de dezembro e 2 e 3 de janeiro). “Tivemos uma média de ocupação de 40% nos finais de semana, como públicos principalmente de Goiás e Mato Grosso do Sul, além daqueles que estavam indo ou voltando de Santa Catarina. Foi uma demanda maior neste fim de ano do que nas semanas anteriores”, conta a gerente do hotel, Maíra Sidrim.

  • Facebook ícone social
  • Instagram

© 2021 por Ponta Grossa Campos Gerais Convention & Visitors Bureau

Rua Comendador Miró, 860, Ponta Grossa PR | info@pontagrossacvb.com.br | (42) 3220-7250

Desenvolvimento do site: Equipe PGCG CVB

Conteúdo: Yukê Comunicação