Buscar

Festival em Ponta Grossa reúne bandas da nova geração da música paranaense

Está marcado para o dia 11 de agosto a primeira edição do Festival Luneta, evento que reúne música, arte, moda consciente e sustentabilidade. Passarão pelo palco cinco bandas, além de espaço para expositores locais e uma feira de troca de roupas. O festival, realizado pela Luneta Experiências Culturais, será realizado no quintal do Hora Certa (Rua Penteado de Almeida, 455) e os ingressos estão sendo vendidos ao preço promocional de R$30.

O evento seguirá das 15h às 22h e vai mostrar ao público representantes da nova geração da música paranaense, trazendo à cidade as bandas curitibanas Mulamba (foto) - formada por seis mulheres, sucesso em festivais por todo o país, Tuyo -trio participante do The Voice Brasil - e Trombone de Frutas -dos discos ‘Chanti Charango’ e ‘Chanti Alpisti’ - , que se unem às ponta-grossenses A Vera - vencedora do FUC Regional de 2017 - e Pendrivers - formada pelos integrantes da Cadillac Dinossauros.

“Essas são algumas das bandas de maior projeção no cenário da música independente de Curitiba e Ponta Grossa atualmente, e integram o que tem se chamado de ‘nova música popular brasileira’. Nossa ideia é fortalecer a cena musical que está ganhando cada vez mais destaque, e inserir a cidade num circuito de festivais independentes”, conta a produtora cultural Elisângela Schmidt.

Além de música, o Festival Luneta terá ainda exposição e venda de artesanato local, com os ateliês Mari Inventa (trabalhos com cartonagem e orinuno) e Ninóca (peças em macramê). Outra atração é a Feira de Trocas Desavesso, com as youtubers Nicoly França e Maria Fernanda Teixeira. A ação funcionará da seguinte maneira: cada pessoa pode levar até cinco peças de roupas ou calçados - em bom estado - que darão direito a vales para troca por outros itens deixados por outras pessoas. “O que queremos é dar uma oportunidade para as pessoas adquirirem novas peças de roupa sem ter que usar da compra convencional. É muito legal atrelar essa mensagem a um evento como o Luneta, aonde várias pessoas que pensam de uma maneira mais consciente vão participar”, comenta Maria Fernanda.