Buscar

Festival Teatro e Circo em Festa terá 13 grupos de quatro estados

Evento marca momento de união dos grupos locais

Entre os dias 22 e 31 de março, Ponta Grossa vive o espírito das artes cênicas. A Prefeitura de Ponta Grossa, por meio da Fundação Municipal de Cultura, realiza mais uma edição do Festival Teatro e Circo em Festa, reunindo, neste ano, 12 peças teatrais, dois shows musicais e duas oficinas. A programação tem a parceria da Fecomércio/SESC e Universidade Estadual de Ponta Grossa, além da promoção da RPC, e está disponível no site do festival (www.culturapg.com.br/eventos).

“Para mim, que comecei, aos 14 anos, atuar no teatro, anunciar o Festival de Teatro e Circo é uma grande honra e um imenso prazer. Sempre defendi que teatro deveria ser matéria obrigatória nas escolas, pois estimula a criatividade, propõe pesquisas e estudo, gera desinibição, ensina a falar em público, entre tantas outras vantagens que essa maravilhosa arte nos ensina”, afirma o presidente da Fundação Municipal de Cultura, Fernando Durante. Os espetáculos serão apresentados no Cine-Teatro Ópera, no Parque Ambiental e em escolas municipais.

A programação foi montada dando prioridade e visibilidade aos grupos locais, que estão iniciando um processo para a formação de uma associação dos grupos de teatro e circo na cidade, com o objetivo de fortalecer a classe a partir de sua união. Com isso, irão participar os grupos aCorteSeco, Dia de Arte, Letras Cênicas, Paral’elos’, Palhaço Picolé, Paré e Trupe Algodão Doce.

Além das atrações locais, o festival terá ainda a participação do Teatro Lala Schneider e do Grupo Malasartes (de Curitiba), Cia Curumin Açu (de Londrina) e O Bando Pero No Mucho (de Santos/SP). Já na parte musical, a Fundação de Cultura traz para a cidade as bandas A Super Banda, da companhia Atrapa Trupe (de Florianópolis/SC) e Bandinha Di Da Dó (de Porto Alegre/RS), ambas fazendo a relação da música com o circo e palhaçaria, chamado de clown music.